O FOGO E A SOBREVIVÊNCIA E SUA PARTE NA EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE

sobrevivência, importância do fogo, evolução da humanidade


No INFOALFA de hoje eu vou falar um pouco do papel desempenhado pelo fogo durante nossa sobrevivência como espécie. Para começar, vamos falar dos nossos antepassados, mais especificamente do homem primitivo.

Ouça o nosso podcast comentando sobre essa matéria
no InfoAlfa PodCast


Desde a era do homem primitivo o frio e a escuridão das noites sempre foram considerados os maiores, ou até mesmo o maior inimigo da humanidade. Sem a luz natural da lua cheia, as noites, além de assustadoras, eram extremamente perigosas. Além do risco de ser atacado por um predador enquanto dormia, o homem primitivo ainda precisava lidar com o frio intenso das noites, principalmente no inverno.

E, dessa forma, ocorreram os primeiros passos de nossos antepassados pela Terra. Eis que um dia, talvez ao observar uma árvore atingida por um raio ou pelo atrito de uma pedra em outra, descobriram algo que seria o marco da nossa evolução: o fogo.

Ao dominar esse incrível elemento, foi possível se aquecer, se proteger e ainda cozinhar alimentos. Como nenhum outro ser do planeta, conseguimos dominar e usar a nosso favor um fenômeno natural. Isso além de ser um marco na nossa evolução, foi uma descoberta fundamental para a sobrevivência do homem até os dias de hoje.

Com a dominação do fogo, as noites já não eram tão perigosas, o que fez com que o homem primitivo diminuísse a contínua busca por segurança e sobrevivência. Acredita-se que a "descoberta do fogo" tenha influenciado diretamente sobre a nossa forma de pensar, pois com o conforme o fogo trazia calor e segurança, a necessidade de viver em estado de alerta e a preocupação diminuíam, dando espaço para que o homem pudesse pensar em outras coisas.

A sociedade em que vivemos atualmente é resultado da utilização do fogo como instrumento, pois diante disso, o ser humano pôde progredir culturalmente e ampliar suas ideias. Além de aquecer do frio e melhorar a preparação de alimentos, o fogo também foi utilizado em diversos rituais, na fabricação de armas, na produção de novos materiais e como fonte de calor para máquinas térmicas dos dias atuais.

O FOGO E A SOBREVIVÊNCIA NOS DIAS ATUAIS


Os dias dos nossos antepassados após a descoberta do fogo se tornou do mesmo jeito dos dias atuais. O fogo trata-se de um elemento que une as pessoas, seja pelo seu calor, por proteção, para a preparação de alimentos ou até mesmo para bater um papo em volta da fogueira, contando causos e trocando experiências.

O fogo tem sido usado e aprimorado com o passar do anos, e pode ser considerado um elemento que possui papel fundamental para sobrevivência, definindo quem sobrevive ou não. Além das suas utilidades primárias, sobre as quais já falamos aqui, como a luz, o calor, a proteção e a preparação de alimentos, existe um grande leque de formas para utilizá-lo em prol da sobrevivência. Tais exemplos serão citados agora.


PURIFICAÇÃO DE ÁGUA


O consumo de água contaminada pode levar uma pessoa à morte caso ela esteja em um cenário de sobrevivência, seja ele qual for (perdido em uma mata, em um cenário de guerra ou caso esteja em fuga por algum motivo). A contaminação pode te fazer perder líquidos e sais minerais importantes para o seu corpo, causando vômito e diarréia, além de te expor a várias doenças como a cólera e a febre tifóide. Além disso, pode nos trazer parasitas e tudo isso pode te deixar mais próximo da morte. Existem várias formas de purificar a água e de deixá-la potável. Antes da chegada de produtos químicos e equipamentos modernos de filtragem e purificação, a t´écnica utilizada para eliminar as impurezas da água era a fervura. Até hoje muitas pessoas a utilizam e, para isso, precisam do fogo.

CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS


O consumo de alimentos que estejam prestes a perecer pode complicar ainda mais a vida de um indivíduo. A conservação de alimento pode ser um grande desafio quando não há meios convencionais de conservação, e uma das formas de se conservar proteínas como carnes e peixes, é por meio da defumação, que por sua vez é outro método no qual o fogo se torna útil dentro da sobrevivência, seja ela no meio urbano, rural, locais de climas quentes ou extremamente frios. A defumação sempre foi um dos meios mais utilizados para desidratar o alimento, aumentando assim sua validade e prolongando o seu tempo de consumo.

SINALIZAÇÃO


Sinais de fogo e fumaça por muito tempo foram uma das principais formas de comunicação e de sinais de alerta utilizados por povos e tribos antigas, e é por isso que ele está em nossa lista. Usar o fogo e consequentemente a fumaça como um sinal informando a sua localização, pode ser o divisor entre sobreviver ou morrer caso esteja perdido em uma mata, ou algo do tipo.

CAÇA


Nos dias de hoje, esse é um assunto muito sensível, mal interpretado e muito discutido no meio de grupos de sobrevivência, bushcraft e até mesmo da sociedade comum em geral, que é a CAÇA. No que diz a respeito a sobreviver, o indivíduo precisa achar uma forma de se alimentar para continuar vivo estando ou não em um cenário de sobrevivência. Estamos acostumados a ir aos supermercados para comprar o que precisamos para nossa alimentação porém, quando você se encontra em estado de sobrevivência, seja um SHTF ou perdido em uma selva, encontrar uma fonte de alimento é uma das suas maiores preocupações. Uma técnica muito usada por caçadores experientes, é usar a fumaça para tirar os animais da toca e para afastar abelhas da colmeia e colher o mel.

PRIMEIROS SOCORROS


No mundo moderno, estamos acostumados a recorrer a pronto socorros e a profissionais especializados caso soframos algum tipo de acidente grave, como um corte profundo que precise de sutura. No entanto, caso não disponha desses recursos em tais circunstâncias, o fogo pode ser um grande aliado nesse caso, tanto para cauterizar ferimento como na esterilização de equipamentos cirúrgicos ou o que servisse para o propósito no momento. Essa técnica nada convencional foi usada por médicos de campo durante a 1ª e 2ª Guerra, e foi responsável por salvar vidas de muitos soldados que não podiam contar com métodos convencionais naquele momento.

Da mesma forma que foi no tempo dos nossos antepassados é assim no nosso tempo, temos que aprender a dominar esse poderoso elemento e usá-lo em nosso favor, aprender a dominar todas as técnicas de seu uso, sugar e pôr em prática todo esse conhecimento e passá-lo adiante. É assim que demonstramos o nosso respeito ao seu real significado, sobrevivência.

Postar um comentário

0 Comentários