sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PLANTAS MEDICINAIS: GENGIBRE, CURAS E BENEFÍCIOS - MEDICINA ALTERNATIVA #5 (VIDEOS)

Olá pessoal, eu sou Daniel DeLucca e sejam bem vindos ao blog do Sobrevivencialismo Alfa, e hoje eu vou falar sobre os benefícios medicinais do gengibre, como a sua propriedades anticâncer, contra impotência, dores, gripes, resfriados e muitos outros benefícios, então vamos conhecer mais sobre o gengibre.


O Gengibre é um planta medicinal nativa da Ásia Oriental e tem sido usada em muitas culturas do mundo.

Estudos recentes constaram que o gengibre é um dos alimentos com os mais altos níveis de propriedade anticâncer. E, de fato, o gengibre teria uma função protetora contra tumores, além disso, seria capaz de curar muitas outras doenças, que vamos ver agora.

Na medicina asiática, o gengibre é considerado uma especiaria "quente", tanto que na cultura Chinesa, a raiz do gengibre é considerada um remédio natural contra fadiga, fraqueza e a impotência sexual.

Hoje é a especiaria mais cultivada, e é também uma das mais estudadas no mundo. Além de ser um alimento afrodisíaco, entre os seus muitos benefícios destacam-se aqueles para melhorar a digestão, aliviar náuseas, dores musculares e articulares, acelerar a cura em gripes e resfriados. Isso graças ao seu rizoma carnudo que contém propriedades ativas, tais como, zingibereno, gingerols e shogaoli, resinas e mucilagens.

Graças a estas propriedades, o gengibre solta um muco e limpa os brônquios, facilitando a respiração. Para este fim, se bebe uma bebida quente preparada com infusão de 5 a 10 minutos de fatias de gengibre com açúcar mascavo.

Graças às suas propriedades termogênicas, o gengibre deixa no corpo uma sensação de calor que, em caso de sentir muito frio, pode vir a ser uma excelente ajuda natural. E este mesmo efeito termogênico também queima calorias, além ajudar na digestão dos carboidratos e das proteínas, eliminando gases intestinais.

Para tirar todo o proveito dos seus efeitos benéficos, o ideal seria consumir gengibre todos os dias, e para se beneficiar das suas propriedades antináusea e de emagrecimento, simplesmente mastigue um pedaço da raiz fresca algumas vezes durante o dia.

Outra forma de se consumir o gengibre é em forma de Xarope caseiro, onde também poderá ser misturados com outras ervas.

O gengibre tambem pode ser adquirido em pó, o que ajuda no consumo podendo ser adicinado uma colher de chá para cada copo de água ou suco, mas o ideal é o gengibre ser consumido ainda fresco em forma de rizoma. 

O gengibre em forma de rizoma pode ser facilmente encontrado em supermercado, hortfrutis e em casas de produtos naturais, onde também se encontra na versão em pó, e ele também pode ser facilmente plantado da seguinte forma:

(1)Compre o gengibre que já tenha brotos se formando ou caso não ache é só manter o gengibre na sombra por alguns dias que logo surgira os brotos, (2)corte as partes do rizomas que estiverem com brotos deixe as partes cortadas cicatrizarem por 3 dias, (3)com essas partes já cicatrizadas já podem ser plantadas, os brotos devem estar voltados para cima.

Agora vamos ver alguns cuidados e contraindicações no consumo do gengibre.

Por acelerar o metabolismo é contra indicado para pessoas com hipertireoidismo. E pessoas com problemas cardíacos, problemas referentes ao sistema nervoso, aos rins e pessoas com alergias, devem consultar um médico antes de consumirem gengibre como remédio natural ou suplementos. O uso excessivo também pode causar problemas digestivos e azia. Apesar de não existirem provas contra o uso durante a gravidez, às mulheres grávidas é recomendado um uso cauteloso.

Bem pessoal, esse foram alguns dos benefícios de se consumir o gengibre, e na minha opinião é um ótima planta para se cultivar no quintal de casa, espero que tenham gostado do post, até a próxima.




Fontes de pesquisas:



Um comentário:

  1. Nossa, gengibre é mesmo muito bom e forte, não é mesmo.
    Eu vi um texto muito bacana aqui que pode ser complementar ao seu. Gostei muito das informações e amanhã mesmo já começo a usar.

    ResponderExcluir