domingo, 11 de setembro de 2016

CARVÃO ATIVADO: O QUE É, PARA QUE SERVE E QUAIS SEUS BENEFÍCIOS? - MEDICINA ALTERNATIVA #2

Olá pessoal, eu sou Daniel DeLucca sejam bem vindos ao blog do Sobrevivencialismo Alfa, e hoje nós vamos falar do "carvão ativado" uns dos maiores aliados do sobrevivencialistas moderno ou pelo menos deveria ser, mas muito sobrevivencialista de hoje não conhecem o seu real poder. Vamos lá.


Mas primeiro precisamos saber o que é o carvão ativado.

O carvão ativado é um material de carbono com uma porosidade bastante desenvolvida, com capacidade de coletar seletivamente gases, líquidos ou impurezas no interior dos seus poros, apresentando portanto um excelente poder de clarificação, desodorização e purificação de líquidos ou gases.

Este tipo de carvão é obtido a partir da queima controlada com baixo teor de oxigênio de certas madeiras, a uma temperatura de 800 °C a 1000 °C, tomando-se o cuidado de evitar que ocorra a queima total do material de forma a manter sua porosidade.

Os usos mais comuns para o carvão ativado são a elaboração de filtros para adsorção de gases e no tratamento de águas, onde o carvão se destaca por reter nos seus poros impurezas e elementos poluentes. É utilizado em diversos ramos das indústrias química, alimentícia, farmacêutica, da medicina e em sistemas de filtragem, bem como no tratamento de efluentes e gases tóxicos resultantes de processos indústriais.

Agora que já sabemos o que é o carvão ativado, ai vem outra pergunta.
Por que o carvão ativado é tão importante na vida de um sobrevivencialista?

A princípio, este pode ser um assunto que não desperte muito interesse, mas tenho certeza que, à medida que você for descobrindo as grandes propriedade do carvão ativado, você vai achar o assunto mais do que interessante.

Dadas as suas excepcionais propriedade de absorver toxinas e atuar como curativo, o carvão deveria estar sempre à mão e em todos os lares. É usado interna e externamente no combate aos mais diversos males.

O carvão vegetal é uma substância porosa, capaz de captar e de fixar as substâncias estranhas ou tóxicas que estão no ar, na água, nos alimentos, no nosso corpo ou sobre a pele. O carvão absorve, com eficácia, os medicamentos, entorpecentes, aditivos alimentares, agrotóxicos, adubos químicos, metais pesados, gases e os detergentes.

Todas essas substâncias estranhas que invadem o nosso organismo, sobrecarregando e danificando os rins e o fígado, podem ser absorvidas pelo carvão e excretadas.

Absorve também as bactérias como salmonelas e estafilococos, vírus como o da febre aftosa, as toxinas produzidas pelos bacilos da difteria, do tétano, do botulismo e da gangrena, os tóxicos e ácidos provenientes da decomposição dos alimentos.

O carvão vegetal ativado adsorve as substâncias tóxicas, impedindo ou limitando sua absorção no aparelho digestivo. Impede fisicamente a intoxicação, captando as usbstâncias tóxicas que estão no intestino. Além disso, ele tem a capacidade de ajudar na desintoxicação, pois graças ao efeito da diálise, o carvão também permite eliminar tóxicos que já se encontram no sangue, em contato com a parede intestinal. 

Agora vamos ver em que o carvão ativado pode ser usado.

Intoxicação por medicamentos - O carvão ativado absorve muito bem os antidepressivos, os beta-bloqueadores, os bronco-dilatadores, os barbitúricos utilizados em dose excessiva como na tentativa de suicídio e muitos outros medicamentos.

Intoxicação por alimentos - Essas intoxicações são provocadas pela toxina secretada por um micróbio presente no alimento infectado como em carnes, peixes, crustáceos, conservas, doces, entre outros. Adsorvendo as bactérias e as toxinas o carvão impede que passem para o sangue. O carvão absorve avidamente até as aflatoxinas, venenos produzidos pelos fungos do bolor, que podem prejudicar o sistema nervoso e causar câncer do fígado.

Problemas digestivos - Como diarreia, gases e mau hálito. O carvão absorve os próprios gases ou as bactérias intestinais que produzem os gases. Em casos de diarreia, o melhor tratamento é a reidratação acompanhada de carboterapia, pois o carvão é eficaz no combate às diarreias provocadas por medicamentos.


Envenenamento por picada de animais - Como picada de cobra, aranha, escorpião, abelha, vespa, contato com água-viva. Como o carvão ativado absorve o veneno, como medida de primeiro socorro aplica-se sob forma de pasta, compressa, imersão em água e carvão e/ou via oral. Lembrando que essas aplicações devem ser instruídas por um especialista no assunto, e também não devem substituir a busca de ajuda especializada em caso de picadas.

Problemas dos olhos, nariz, garganta e ouvidos - O carvão pode ser usado como germicida no tratamento de infecções superficiais. Um cataplasma de carvão representa, às vezes, o único tratamento de uma furunculose no canal auditivo. Também podemos branquear os dentes escovando-os com o carvão numa escova úmida.

Insuficiência renal aguda e crônica - Para combater as complicações infecciosas dos rins.

Feridas infectadas com pus - Como ficou comprovado que os curativos com carvão ativado adsorvem bactérias, diminuem as secreções e reduzem o mau cheiro da ferida.

Problemas de dependência - O carvão absorve eficazmente muitas substâncias contidas nas bebidas alcoólicas, responsáveis pelos sintomas da intoxicação alcoólica aguda. Também ficou comprovado que o carvão é um adsorvente eficaz de diversos alcaloides e principalmente da nicotina e da morfina.

Envelhecimento - Como o organismo, ao envelhecer, torna-se mais sensível aos agentes tóxicos, diversos geriatras comprovaram o efeito benéfico de uma dose diária e regular carvão em pó, para pessoas de idade. A carboterapia bem conduzida pode regenerar o organismo e aumentar a longevidade.

Em casos de envenenamento - Nestes, como em outros casos a procura de um médico é muito importante. A lavagem estomacal é um método empregado para tratar casos de envenenamento, mas o uso do carvão já demonstrou eficácia por ser bem mais fácil, econômico e eficiente. Por isso é bom ter sempre este produto em caminhadas ou aventuras por lugares distantes longe do socorro médico.

Agora vamos conhecer algumas efeitos colaterais e contraindicações.

Nada em excesso faz bem, então fique ligado, pois a ingestão em excesso do carvão vegetal ativado pode causar vômitos, diarreia e prisão de ventre.

Vale lembrar que o carvão ativado é contraindicado em crianças menores 6 meses, em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, obstrução intestinal, problemas gastrointestinais ou em pacientes que ingeriram substâncias corrosivas cáusticas ou hidrocarbonetos.

Outra recomendação importante é que a ingestão de carvão ativado na gravidez deve ser sob orientação médica. E se a pessoa estiver usando alguma medicação é melhor não usar o carvão, pois pode cortar o efeito do medicamento.

Bem pessoal essas foram algumas informações sobre os benefícios do carvão ativado e em que situações ele pode ser usado, mas nada do que foi dito aqui não exclui a necessidade de uma orientação médica ou de uma pesquisa específica aprofundada sobre o assunto, espero que tenham gostado, até a próxima!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário